Olá Pessoal,

Como muitos sabem, estou bastante atarefado ultimamente. Mas, aproveito o pouco do tempo que sobra para refletir sobre coisas que poderia colocar no blog que contribuem nos mais variados sentidos. Como vocês sabem, por meio do blog, busco ajudar e guiar a todos (e a mim) no caminho do crescimento pessoal e profissional. O técnico, o estudo e o raciocínio nos dão as habilidades, mas pessoalmente (e espiritualmente), a caminhada e aprendizado são longos!

Neste post, farei um depoimento mostrando (1) como compensa o estudo  e (2) os benefícios diretos da certificação, que aconteceram comigo. Vamos lá!

1 - O estudo compensa

Um grande problema em relação aos estudos com foco na certificação é que você não está lutando para obter uma nota melhor do que outra pessoa, como no caso de um concurso público, você está lutando contra VOCÊ. É uma superação pessoal, que não tem nenhuma outra parte envolvida, é você contra você. Nesta jornada, muitos buscam cursos preparatórios, aulas, materiais na Internet e muitas outras ferramentas.

Não importa a maneira que é buscado o estudo para a certificação, e sim o como e se a pessoa vai seguir os planos de estudos. No meu caso, o maior benefício no estudo para as certificações foi o conhecimento do meu ritmo de aprendizado (curva de aprendizado), desenvolvimento de capacidades autodidata (metodologias e processos de estudos) e, com base nas duas qualidades citadas, criei a capacidade de organização de tempo (elaboração de cronograma real).

É claro que além deste aprendizado pessoal, adquiri um enorme conhecimento de redes de computadores e Cisco, mas não é este o escopo desta parte do post. O que quero passar é que o aprendizado, quando é focado na superação pessoal, é expandido e você acaba por se conhecer muito mais. Todas aquelas horas que você poderia ter saído com os amigos, família, namorada, valem a pena. Esse é o caminho para o crescimento pessoal e profissional.

2 - Benefícios obtidos com a certificação

Bom pessoal, quero relatar três casos que aconteceram (e estão acontecendo) comigo, relacionados à certificação.

  1. Emprego na SAP, início de atividades em 04/jan/2010. Mas, passar por todo processo seletivo foi sinistro. Mesmo não sendo diretamente ligado à Cisco, eles valorizaram eu estar preocupado em reconhecer meu conhecimento (e buscá-lo) para a área que tenho paixão em atuar. A certificação neste contexto me trouxe reconhecimento por parte da empresa de que eu busco a superação e desenvolvimento pessoal, e que eu tenho a capacidade de aprender coisas novas by myself. Por isso ressalto, o benefício não é só técnico, é muito maior.
  2. Brilho no Curriculum. Ano passado, me candidatei para dar um curso de linux para servidores, área que tenho alguma experiência e bastante conhecimento. Era um curso para nível básico (redes, firewall, serviços). Naquela época, enviei o mesmo currículo que tenho agora, só que sem CCNA e sem o brasão de certificado, e não deram a menor continuidade com o processo. Agora pessoal, o papel inverteu bastante! O pessoal do curso me chamou para entrevista, e está articulando uns horários malucos para eu poder comparecer, pois estou bastante ocupado. Do ano passado para cá, meu currículo só ganhou as certificações, nada mais. Por isso, posso afirmar que a certificação trouxe benefício direto neste aspecto.
  3. Prestador de serviços Cisco!!! Este emprego temporário é fruto direto da certificação, mas também veio agregado ao blog, pois foi por ele que recebi o chamado. No início desta semana, dia 03/out/2009, iniciei minhas atividades numa empresa terceirizada para reestrutuar o core da rede do escritório regional de uma empresa multinacional. Não irei citar nomes, mas pessoal, o ambiente e a infra-estrutura com o qual estou lidando é fenomenal e gigante!!!!! Estou aplicando todo o conhecimento teórico e prático neste projeto, muito legal.

Assim concluo, a certificação nos trás um crescimento pessoal e profissional, de fato. E neste post, quero deixar bem claro que compensa o tempo de estudo e foco dedicado para obtenção deste conhecimento.

Após a conclusão do meu trabalho de conclusão de curso (TCC), depois de 15/dez/2009, retomarei meus estudos para a CCNP, com a prova ONT. Portanto, acompanhem.

Um grande abraço pessoal,

Maurício.

Compartilhe!
  • Twitter
  • Facebook
  • Digg
  • LinkedIn
  • del.icio.us
  • Technorati
  • Google Bookmarks
21 comentários para “Estudo e foco COMPENSAM”
  1. Edson Soares disse:

    Mauricio, gostaria de dizer n coisas, mas duas não posso deixar passar.
    1 - PARABÉNS, pela garra, dedicação, esforço e tudo mais…
    2 - VC é foda! Te admiro cara, pela organização, pelo blog e pela mágica de fazer tudo isso acontecer junto. hehe

    Pois é, muitas horas é dificil, dificilimo, tocar as coisas, familia, namorada, aquele pizza com os amigos que faz tempo…
    Ai surge a procastinação e quando vê, está em cima da hora de fazer aquele coisa que voce havia planejado estar apto, e… NÃO está.
    Isso acontece muito comigo, muito, provas, trabalhos, netriders, blog… blá, blá, blá e o CCNA está chegando…

    Sabe, posts como esse que trouxe agora, ajudam a nortear o caminho =]

    Valeu brother

    Boa sorte na caminhada aeh;

  2. Olá Edson Soares,

    Obrigado pelos elogios. É prazeroso ter esse feedback e saber que estou, de fato, contribuindo.

    Como eu falei, eu quero trazer um algo mais com o blog, não somente dicas técnicas. Quero questionar as pessoas, e fazer elas se ‘auto-questionarem’. É assim que a gente caminha rumo à excelência.

    Quanto às dificuldades, isso acontece. Como eu falei, é interessante a gente poder passar por estas experiências e se conhecer melhor. Desta maneira, é possível trabalhar para desenvolver os pontos fracos.
    Dedicar um tempo para organizar como será seu estudo, e elaborar um cronograma real do que você verá ao longo do tempo planejado de estudo é um caminho. Outra idéia é resumir o conteúdo estudado, ou revisar tudo o que foi visto antes de parar o estudo pelo dia.

    São N maneiras que você pode fazer isso, mas cada uma funciona para cada um. Conforme você vai passando por isso, pode se conhecer melhor e descobrir o melhor método para resolver estas limitações.

    Um grande abraço,
    Maurício.

  3. Mauricio,

    Antes de tudo, meus parabéns pelo Blog e pela iniciativa de compartilhar suas experiências com os leitores !!! Tenho tentado postar com alguma regularidade no NetfindersBrasil e sei como é dificil arrumar tempo para se dedicar a esta atividade !

    No inicio dos anos 90, eu era um jovem recem-formado que não tinha experiência alguma em Informática. Havia concluido o Tecnologo em Processamento de Dados e, após um estágio em uma corretora de seguros, comecei a ministrar aulas em um curso de Informática com o pacote básico da época: DOS, Lotus 123, Dbase e Clipper.

    Fiquei muitos anos ministrando cursos de Informática para iniciantes, o que foi muito gratificante, aprendi muito, não só o conteúdo técnico, mas pela oportunidade de me relacionar com os alunos e poder ajudar em sua formação, cresci muito como pessoa. Comecei a ministrar aulas em colégios técnicos e, finalmente, em 1999, entrei no SENAC e tive a oportunidade que mudou minha vida !

    Fiquei cerca de 2 anos atuando como Professor de Windows e pacote Office qdo. surgiu, em 2001, um projeto chamado Programa Profissão, parceria de governo do Estado de São Paulo com o SENAC e uma empresa americana chamada Cisco Systems para capacitar milhares de jovens em todo o Estado num programa chamado Cisco Networking Academy.

    Estudar para Certificação CCNA naquela época não era tão fácil quanto é hoje. A Internet ainda estava engatinhando por aqui, não haviam tantos materiais disponiveis para download, muito menos Blogs como este ou o do Marco Filippetti para quem quisesse estudar.

    Foi dificil, tinha basicamente um livro em Inglês na biblioteca para estudar e ficava muitas horas fora do meu expediaente de trabalho para usar os equipamentos na sede do SENAC (também não existia Packet Tracer ou Dynamips/Dynagen). Tinha que ficar para acessar a Console na escola ou simular com caneta e papel !!!

    Mas não me arrependo de nenhuma das horas que gastei para tirar a Certificação. Como consequências deste esforço, colhi as seguintes recompensas:

    1) Ascensão Profissional: Ser Certificado CCNA, e posteriormente CCNP, me abriram portas no mundo acadêmico. Fui convidado para ministrar aulas em várias Faculdades de Tecnologia em Redes de Computadores. Em 2006, fui aprovado num concurso para docente no Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET-SP), hoje Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFSP (sem a bagagem que adquiri nestes anos com Cisco, jamais teria conseguido passar no Concurso !!!).

    2) Disciplina e Perseverança: Após ter concluido o CCNA, passei a estudar por conta o conteúdo dos 4 módulos do CCNP, assim como vc faz hoje, graças a Deus, consegui passar nas 4 Provas apesar da barreira do idioma e do grande volume de informações. Este ritmo de estudos me fez ver que é necessário ter metas bem definidas e prazos a serem cumpridos !

    3) Networking, reconhecimento e satisfação pessoal: Tive a oportunidade de fazer os cursos de atualização dos novos módulos de CCNP (ISCW e ONT) na Cisco do Rio de Janeiro (com tudo pago na época do Pan), onde conheci muitos Instrutores de vários cantos do pais. Ao voltar para São Paulo, repliquei estes treinamentos para todos os Instrutores da minha unidade e posteriormente para Instrutores de todo o Estado de São Paulo.

    Também prestei alguns serviços de consultoria para a SABESP, a Ericsson e a NEC aqui em São Paulo graças a esta experiência com as Certificações Cisco. Enfim, tudo tem sido muito gratificante e ainda pretendo colher muitos frutos deste trabalho. Aproveito para reforçar tudo aquilo que vc já comento neste post:

    VALE A PENA SE ESFORÇAR !!! SABER NÃO OCUPA ESPAÇO E, MAIS CEDO OU MAIS TARDE, SEU TRABALHO SERÁ RECONHECIDO, ACREDITE !!!

    Forte Abraço !!!

    Adilson Aparecido Florentino
    Instrutor Cisco CCNA CCDA CCNP CCAI
    http://twitter.com/adfloren
    http://www.netfindersbrasil.blogspot.com

  4. Olá Adilson,

    Parabéns para todos nós que buscamos o que queremos, por ter perseverança e enfrentar de peito estufado a hora H, por aprender coisas novas a cada dia que passa, por tirar lições das coisas que deram errado, sempre agindo com ética, compaixão e caráter!

    Fico muito feliz que você pode compartilhar sua história com todos que acessam o blog. Espero que o pessoal possa se inspirar em nossas (e muitas outras) histórias, e entender que a força vem de dentro! Nós podemos atuar como mediadores do conhecimento, mas a força, perseverança, dedicação e motivação vem da pessoa.

    Mais uma vez, parabéns a todos nós (incluo você leitor) que buscamos nossos sonhos e fazemos de tudo para concretizá-los.

    Um grande abraço,
    Maurício Bento Ghem.

  5. wbeline disse:

    Olá Maurício…
    Parabéns pela garra, determinação…
    Gostaria de acrescentar uma coisa ao que vc´s mencionaram… NUNCA MAIS SEREMOS OS MESMOS… Passar por algumas coisas como estas, horas de estudo para se atingir o alvo… hum, depois de tudo isto, nunca mais seremos os mesmos realmente…
    Gde abraço,
    Beline

  6. Deco disse:

    Parabéns Mauricio e Adilson!

    Saibam que são motivadoras essas histórias a nós que estamos começando no mundo
    de network …

    Obrigado por compartilhar conosco tudo isso, estou começando ainda nesta caminhada … espero
    um dia chegar lá também :]

  7. Erick Gaia disse:

    Maurício,

    É lendo historias como a sua, e do meu instrutor de academia Eduardo Lassance, que me dá mais garra e disposição para cair fundo e un dia chegar ao nível de vocês. Nunca pensei que um dia estaria tão focado em estudos como esta época de minha vida, isso em prol de sucesso proficional. Tenho em mente tirar a certificação CCNA, logo depois Tirar o CCNA Security para assim depois partir para a certificação CCNP. Obrigado pelas dicas e esse depoimento que nos faz aumentar a auto estima e incendiar os nossos brios, e depois lhe pediria licença para agradecer ao meu instrutor Eduardo Lassance, quer dizer “instrutor”, que passou a ser mais um amigo do que instrutor. OBRIGADO NÊGO, pelo conhecimento e mais ainda nos deixar entrar em sua vida, não como instrutor aquela imagem de pessoas sérias que nos passam o conhecimento técnico, mais pela amizade que a nós deixou como mais um ensinamento de vida.

    Obrigado a todos
    Maurício mais uma vez Obrigado

    Rumo ao CCNA

    Abraços

    Att.
    Erick Gaia de Oliveira

  8. Denis disse:

    …pois é Maurício, alem da superação vc serve de modelo pra muitos colegas (incluindo eu) pelo seu empenho, dedicação e superação, o mérito é todo seu cara !!! Achei bacana tambem sua visão de gerenciamento de tempo, que penso ser um fator importantissimo pra quem tem a vida meio multi-task, passei muito aperto anteriormente por conta de mal planejamento, mas hoje, conto com a máxima Napoleonica: Dividir para conquistar, e acima de tudo não perder o foco…

    Parabens tambem ao colega Adilson, chegar onde chegou sem os recursos e o acesso a informação que temos hoje, deve ter sido muito desafiador.
    Abs,

  9. Edson Soares disse:

    sabe, fico muito feliz e ver esas histórias, mta bacana Adilson, obrgado por compartilhar.
    sabe, as vezes é dificil ter motivação para ficar horas e horas lendo, praticando e testando coisas, mas são coisas assim, que nos motivam e MUITO!
    valeu! abço a todos

  10. Pessoal,

    É um imenso prazer poder servir de inspiração e de modelo no que diz respeito ao que a gente busca sempre alcança. Mais uma vez agradeço ao Adilson por compartilhar sua vivência.

    Não podemos desistir de nossos sonhos! Algumas vezes parece que temos bem claro o que queremos, porém nunca se concretiza. Mantenha o foco.
    Talvez, o foco não esteja bem definido, por isso não acontece.

    O que posso dizer, é que é verdade. A gente estuda, aprende, trabalha, batalha, vence, e no final de tudo, nosso espírito engrandece de n maneiras. Seja trazendo soluções melhores no trabalho, trazendo bom humor para os que estão em nosso círculo de influência, seja contribuindo para toda uma sociedade real e virtual. Temos é que ser felizes!

    Poder fazer o que se gosta como profissão e aprendizado não tem preço. Poder viver disso é um grande passo para a felicidade, pois no mínimo 6 horas por dia estaremos envolvidos nisso. Pensem nisso.

    Um grande abraço,
    Maurício.

  11. Manoel Pio disse:

    Grande Maurício,

    Parabéns pelo blog e por ser a pessoa que você é. Todos os seus tópicos são de grande importância para aqueles que já são e aqueles que ainda não são certificados (eu =).

    Gostaria de saber com relação a essa pequena parte do tópico: ˜….e sem o brasão de certificado…”, no seu curricular você coloca o brasão da certificação? E outra duvida que eu tenho é com relação a não conclusão de uma certificação, como por exemplo a LPIC que são duas provas, você acha interessante a pessoa colocar que já passou em uma prova? Ou no caso da CCNP que já passou e algumas provas?

    Forte abraço!

    PS: Olha que logo logo você vai esta lá no blog do Marco com tópico de tet-a-tet =D

  12. Joao Victor disse:

    Olá Mauricio,
    Fui aprovado no ccna na prova 640-801NA, e estou procupado com relação ao mercado de trabalhao. Atualmente eu trabalho como analista no helpdesk da empresa Accenture, a minha experiencia com a área de redes é apenas monitoração de links dedicados, mas nada de “mão na massa” quando os mesmos ficam fora, eu apenas ligo para os responsáveis e faço testes básicos como ping, tracert, etc… Aqui (na Accenture) estou sem expectativa, e queria saber se com a certificação, uma faculdade de gerenciamento de redes na unip, ingles intermediário, eu consigo arranjar um emprego na área?? Ou ainda assim fica dificil e eu vou ter que depender da sorte?? O meu nivel de expericiencia é bem laboratorial (packet tarcer e dynagen)… Aguardo resposta, pois estou um pouco desorientado nesse aspecto!!!

    Ótimo ano para todos!!!

  13. Olá Manoel,

    Muito obrigado pelos elogios. É o maior prazer para mim poder estar contribuindo e poder trocar experiências.

    Com relação ao currículo, eu coloco sim o brasão de certificado CCNA, e antes eu não colocava meu andamento nas provas. Mas, depois de ir numa entrevista e não ter ficado claro para eles que eu estava em andamento no CCNP, eu coloquei que eu passei em cada uma das provas, e coloquei: Certificação Cisco CCNP em andamento (2/4 completo), detalhando cada uma das provas que passei e sua data.

    O brasão sim só é interessante após você atingir seu objetivo (certificação).

    Poxa, Tet-a-tet que elogio. Muito obrigado.

    Qualquer dúvida estamos aí!!!

    Abração,
    Maurício.

  14. Olá João,

    O seu currículo está muito bom para pelo menos ingressar nesta área. O complicado é existirem vagas.

    Na minha localização, grande Porto Alegre (RS), até existem vagas, mas para um nível mais experiente, e não tão entry-level. A estratégia neste momento é você poder oferecer mais além da experiência que eles tanto querem, mas você não pode oferecer isto concreto.

    O que eu quero dizer com isso é você poder ter uma graduação que mostra que você sabe toda a teoria do negócio, é poder mostrar que você é certificado, então tem capacidade para aprender coisas novas by yourself, e o resto complementar com a experiência que você já tem.

    Garantia que você vai conseguir uma vaga não existe hehhhehhe. Mas, essa orientação é para você poder estar apto a buscar uma vaga, e se ela não for exatamente o seu perfil, por exigir mais coisas que você não tem, você possa se candidatar a ela e poder mostrar ao empregador que está interessado no aprendizado e que você tem a capacidade para aprender estas coisas novas.

    Complementando, o inglês tem um papel fundamental, então você tem mais um plus.

    Espero ter deixado claro meu ponto de vista e ter te orientado.

    Um grande abraço,
    Maurício.

  15. rogerio disse:

    Que bom que o seu conhecimento técnico está OK. Mas tente melhorar o seu português…papel não tem acento, TERCEIRAZADA e por aí vai, diminua a quantidade de vírgulas também…
    De resto, parabéns pelo esforço e pela conquista!!!!

  16. Olá Rogério,

    Eu busco sempre escrever da forma mais correta possível, porém algumas coisas passam despercebidas. Obrigado pelo aviso -> já corrigido no texto.

    Maurício.

  17. Joao Victor disse:

    Mauricio, li sua resposta no mesmo periodo em que vc escreveu, porém, não pude agradecer ás sugestões devido ao tempo, etc…
    Mas agradeço agora que recebi e-mails dos ultimos posts!!!

    Estou atualmente estudando para o Itil, quem sabe eu consigo dar um “up” no CV!!!

    Vc que ja tem exepriencia na área, acha que seria uma boa ter o itil?? Eu trabalho em service desk… Será que eu iria “atolar mais o pé na lama” e ficaria mais complicado sair dessa coisa de atendimento de primeiro nivel??

    Abraço!!!

    E mais uma vez obrigado!!!

  18. Olá Joao,

    Eu tenho como uma de minhas metas fazer o ITIL, mas nunca coloquei um prazo para isso, pois pra mim ainda tem outras coisas na frente.

    Quanto à questão de ficar ou não no atendimento de primeiro nível, a meu ver você tem que botar duas coisas em mente:
    1) Se você pretende crescer dentro da empresa que você está agora, você visualiza essa possibilidade?
    2) Se você já está de olho em oportunidades em outros lugares, você as encontra no mercado?

    Isso vai ajudar você a definir o foco. No entanto, eu já dei uma olhada nuns livros de ITIL e acho muito interessante para entender como funciona um framework de TI, portanto eu faria de qualquer maneira :D

    Abração.
    Maurício.

  19. Joao Victor disse:

    Então, onde estou não vejo a curto prazo, uma oportunidade de atuar na área de redes, mas a longo prazo eu vejo, tipo daqui há uns 10 meses ou mais. Depende de vários fatores, um deles e o principal é: VAGA!!! Posso parecer ansioso, porém o a certificação ccna expira, e quero ganhar experiencia, tenho minhas metas e visões de como quero estar daqui há uns 5 anos, e apesar de não estar atrasado, posso ficar a partir do próximo semestre!!! trabalho em uma ótima empresa, é muito conhecida por aqui em SP.

    Já no mercado as empresas pedem experiencia, e isso eu possuo, mas muito pouca, configurei mais ambientes pequenos, de um escritório, nada avançado, aliás a minha experiencia foi com um ex aspirante ao ccna… Eu apesar de configurar algumas coisas, tinha foco mais em suporte local a usuários rsrsrsrs!!!

    Mais vamos ver se o itil me da um “up”, não é a primeira pessoa que me diz que vale a pena “entender como funciona um framework de TI”!!!

    Mais uma vez obrigado pela atenção Mauricio!!!

  20. Olá João,

    Poxa, não há de que!

    Uma coisa que deves ter em mente é não se acomodar. Pode não existir a vaga que você seja o cara perfeito para ela (pelo que é anunciado), mas tente se candidatar que muitas vezes as empresas buscam no anúncio pelo cara ideal. Porém, muitas vezes não é o que eles conseguem. Não quero dizer isso para te desmerecer, muito pelo contrário, para você entender que essa pode ser uma chance de você mostrar para a que pode aprender o que não domina completamente.

    Aliás, foi assim que consegui meu primeiro emprego!!! Fica a dica.

    Um grande abraço,
    Maurício.

  21. Antonio Caetano disse:

    Fala Grande Mauricio,

    Amigo, tire-me uma duvida, se eu fizer a prova 640-812+BICSI, depois posso fazer a tshoot e ja serei ccnp?

    Att

    Antonio

  22.  
Comentar